Primeiro seminário contou com a participação de profissionais importantes do setor elétrico

FUNDAÇÃO PROMOVE SEGUNDO SEMINÁRIO SOBRE O FUTURO DO SETOR ELÉTRICO BRASILEIRO, SEUS DESAFIOS E OPORTUNIDADES

A Fundação Coge promove na quinta-feira, dia 26, pelo segundo ano consecutivo, o Seminário: “O Futuro do Setor Elétrico Brasileiro: Desafios e Oportunidades”. O evento foi criado com o objetivo de ser um fórum permanente de discussão e reflexão sobre os rumos e desafios do Setor Elétrico Brasileiro. Além disso, reúne, de forma inovadora, presidentes e executivos de algumas das mais importantes instituições públicas e privadas do setor, bem como gestores públicos do Ministério de Minas e Energia – MME, EPE, ANEEL, ONS e CCEE, para, em conjunto, refletirem e se aprofundarem em temas relevantes e atuais, tendo em vista a importância estratégica desse segmento para o desenvolvimento econômico-social do Brasil.

 “Os profissionais vão abordar questões que estejam alinhadas à transição do setor elétrico. Falaremos de um setor no qual há predominância de consumidores cativos, mas que, a longo prazo, vai em busca de um mercado livre. Temas como comercialização, a questão regulatória, a usina hidrelétrica e sua importância para o setor também serão abordados.  A ideia é aproveitar a oportunidade para alinhar o que está acontecendo de novo no mundo e a necessidade de sair de um modelo vigente para outro patamar de modelo do setor elétrico, com a inserção das novas tecnologias”, explicou o presidente do Conselho Consultivo Estratégico da Fundação COGE e ex-presidente do Cigré Brasil, Josias Matos.

Segundo o ex-ministro de Minas e Energia, Márcio Zimmermann, a Fundação está dando um passo muito importante para contribuir ainda mais com o setor elétrico brasileiro ao realizar por dois anos consecutivos esse seminário. “A expectativa é bastante positiva. As palestras vão apresentar pontos estratégicos para o setor elétrico e seus desafios atuais. Nada melhor do que trazer profissionais de instituições renomadas e CEOs qualificados para fazer parte do evento”.

Já Albert Melo, ex-Diretor Geral do CEPEL, enfatizou a transição do setor elétrico brasileiro que será tratada no evento. “Também fará parte das apresentações e discussões o tema sobre as energias renováveis e sua relevância no contexto brasileiro e mundial. A mudança climática também será assunto nas palestras. Vamos ter atores de muita relevância no setor com profundidade técnica para agregar conhecimento ao seminário”, completou. 



Página 1 de 207