LESMA INVADE SISTEMA ELÉTRICO E PARALISA TRENS NO JAPÃO


Restos eletrocutados da lesma foram encontrados dentro de equipamentos próximos aos trilhos

Um corte de energia interrompeu a circulação de trens em uma ilha do Japão no mês passado. E o mais curioso, segundo autoridades do país, o transtorno foi causado por uma lesma. Mais de 12 mil pessoas foram afetadas pelo problema quando pelo menos 30 trens pararam de circular em Kyushu, terceira maior ilha do arquipélago japonês.

Os restos eletrocutados da lesma foram encontrados dentro de equipamentos próximos aos trilhos, disse a Japan Railways, consórcio de empresas que administra as linhas férreas do país asiático. O incidente no Japão é parecido com um de São Paulo. Em 1975, o metrô da cidade chegou a ficar horas sem circular depois que alguns ratos comeram a fiação de um túnel.

Em 2016, uma doninha paralisou o Grande Colisor de Hádrons da Europa, o maior e mais potente acelerador de partículas do mundo. Na época, o animal morreu após morder uma fiação dentro de um transformador de alta tensão, causando um curto-circuito que interrompeu temporariamente o trabalho da máquina.

Na Inglaterra, uma lesma também alcançou notoriedade em 2011, segundo o jornal The Guardian. Ela teria se arrastado para dentro de uma caixa de controle de semáforos na cidade de Darlington, no norte do país, causando um curto-circuito que resultou em um caos no trânsito do município.

Ou seja, não é a primeira vez, e parece que não será a última, que um animal "intrometido" vai apagar a luz de alguma localidade. Veremos as cenas dos próximos capítulos.